quinta-feira, 6 de agosto de 2009

K-20: Kaijin Niju Menso Den [K-20: Legend of the Mask]

A julgar pelo título, trailer, visual e trilha sonora, parece estarmos diante de mais um clichesão dos filmes de super-heróis dark, tipo Batman ou Zorro. E é por aí mesmo, mas os chavões do gênero foram muito bem explorados e mostraram que ainda funcionam mesmo no Japão.
Quem leva o mérito para o bom desempenho dessa produção é o astro taiwanês Takeshi Kaneshiro que manteve seu personagem longe da superficialidade, trabalhando muito bem com cenas um pouco mais dramáticas - algo que eu não esperava ver nesse filme da diretora Shimako Sato que também assina o roteiro muito bem conduzido.
Também estão no elenco principal Toru Nakamura (um sujeito que nunca muda) e a atriz Takako Matsu.
Tudo rola num passado alternativo, no qual a Segunda Guerra jamais aconteceu na cidade fictícia de Teito, a capital do Império governada por ricas famílias burguesas. O banditismo é algo comum nessa sociedade, onde muitos vivem na miséria e roubam para sobreviver.
Um mascarado conhecido como o "Ladrão das 20 faces" ou simplesmente K-20, parece não ser bem um Robin Woody do tipo que rouba dos ricos para dar aos pobres, ele parece estar mais obcecado em roubar uma famosa tela da nobre Família Hashiba com fins obscuros.
Heikichi Endo (Kaneshiro), um artista de circo é confundido como sendo o alter ego de K-20 e vai para a cadeia. O rapaz logo descobre que tudo foi uma cilada para incriminá-lo. Então ele decide descobrir quem é o verdadeiro mascarado, quais são os planos do bandido e finalmente limpar o seu nome. O final pode ser uma grande surpresa, ou não. Assista sem medo de se arrepender, K-20 Legend of the Mask só tem compromisso com o entretenimento recomendado para toda a família.

P.S.: Recentemente o colega Diego Martins do Cine Dewonny também assistiu e comentou sobre "K-20" em seu blog e aprovou o filme como boa fonte de diversão. Leia a crítica dele aqui.