terça-feira, 20 de abril de 2010

"A LENDA DE KAMUI" em maio nas locadoras! Assim reza a lenda!

Só pra lembrar: O JBox anunciou no final de março (leia aqui), que o Grupo Paris Filmes estará lançando exclusivamente para as locadoras "A Lenda de Kamui" (Kamui Gaiden. Japão, 2009), a previsão é para o dia 19 de maio.
Dá pra notar pelo trailer que tem alguns efeitos especiais em computação gráfica, eu não sou muito chegado em CG, mas quando o filme conta com uma boa história e personagens legais, eu me esqueço desse detalhe, vou esperar que com Kamui não seja diferente.


Kamui possui um elenco atual dos bons, como Kenichi Matsuyama, um jovem ator que tem mostrado muito carisma em diferentes personagens no cinema e na Tv, ele foi o "L" da trilogia Death Note. Também estrelando Koyuki, uma atriz mais experiente e que todos já conhecem por aqui, ela atuou ao lado de Tom Cruise e Ken Watanabe em O Último Samurai.



Kamui Gaiden é baseado num clássico dos quadrinhos japoneses do autor Sanpei Shirato, contém temática  adulta, saiba mais sobre o mangá no Maximum Cosmo de Lancaster.

Koyuki foi eleita "a atriz com o melhor rosto sem maquiagem", através de uma pesquisa realizada pela Unilever do Japão, ano passado. Leia a matéria no Japan Today.

Matsuyama e Koyuki

Bom, eu não gosto de fofoca, mas houve muitos rumores em tablóides japoneses que Kenichi Matsuyama e Koyuki teriam um "caso". E depois Matsuyama admitiu que está mesmo "pegando" a atriz que é 9 anos mais velha que ele. Não sou que estou dizendo, foi o Giuliano Peccilli que contou no J-WAVE, leia lá.

o elenco principal, incluindo o diretor Yoichi Sai (centro) e a cantora Koda Kumi (extrema direita)

Koda Kumi, uma das mais populares cantoras de J-Pop é a intérprete da música-tema "Alive".

Minhas Reconsiderações:
Ano passado, no post "Ninja Revival!" comentei sobre o retorno dos filmes de ninja aos cinemas e inclui Kamui Gaiden por lá, foi um equívoco. O verdadeiro "revival" no estilo americano oitentista do gênero veio mesmo é com o "Ninja" de Isaac Fiorentine, leia uma resenha divertida de Ronald Perrone no Dementia 13 aqui.

P.S.: Ainda não assisti Ninja Assassin!