sábado, 18 de julho de 2009

Sim, eu curto Enka também

É difícil dizer qual gênero musical eu mais curto, sou bem eclético. Aqui no blog divulgo geralmente o J-Pop ou Anime-songs/Toku-songs que tem mais a ver com o conteúdo apresentado, manjo pouco do assunto, mas se eu gostar da letra e/ou do ritmo, já tô ouvindo, sem se importar com o estilo.

Minha avó e minha tia ainda guardam os velhos bolachões de vinil de velhas canções japonesas e sempre que podem estão ouvindo seus 'Enka' prediletos. Desde criança eu tive que "aguentar" estas músicas - meu avô ligava as cópias feitas em fitas cassete e alí ficava o dia todo ouvindo. Eu não gostava e durante minha adolescência continuei "odiando" estes clássicos da música nipônica.

Mas acho que de tanto ouvir, e conforme fui envelhecendo (não sou tão velho assim) passei a apreciar o Enka também.

O Enka, segundo o Wikipédia é um estilo de música japonesa que mistura sons tradicionais japoneses com melodias ocidentais. O Enka pelo o que eu percebi varia bastante de estilo, dependendo do cantor (isso é óbvio), mas a característica mais marcante é o grandioso som de fundo executado por uma bela orquestra. Os temas são variados também, podem falar de amor, natureza, felicidade, guerra, etc.

Itsuki Hiroshi, Miyako Harumi, Ishikawa Sayuri, Sen Masao, Yashiro Aki, Suizenji Kiyoko são alguns dos artistas prediletos dos veteranos da minha família. A maioria deles começou carreira no final da década de sessenta e até hoje são muito prestigiados em sua terra apesar de não aparecerem no ranking Oricon. Itsuki Hiroshi, considerado o "Roberto Carlos japonês" na maioria das vezes ainda decide a final do tradicional NHK Kouhaku Uta Gassen. Ele inclusive já esteve no Brasil lá pela década de 70 ou 80, não sei direito, e houve rumores que ele voltaria a se apresentar no país em 2008 para a comemoração do centenário da imigração, mas ouve impasses e acabou dando em nada.

Há também artistas da nova geração como Hikawa Kiyoshi que tentarão manter vivos essa MPJ durante muito tempo.


A cantora predileta de meu pai: Yashiro Aki canta "Namida Koi" (ela já esteve no Brasil)

O cantor predileto da minha tia: Sen Masao canta "Kitaguni no Haru" (também se apresentou no Brasil)

A favorita de minha avó: Misora Hibari em "Kawa no Nagare no You ni" - a número 1 do Japão faleceu em 1989 (sim, ela já esteve no Brasil)

O cantor preferido do meu falecido avô é Itsuki Hiroshi - nome da música ???


Jero (cantor americano) canta ao lado de Itsuki Hiroshi - enquanto muitos jovens japoneses fogem do tradicional, Jero apresenta um talento tecnicamente invejável.

A mana May Tadaima já falou de Jero em seu blog Diary of an Asian
Recomendo também o blog Enka J-Music - provavelmente o único no Brasil